Aplicativo demonstra em gráficos número de casos de SRAG no país

Um aplicativo desenvolvido na UFRN oferece uma demonstração gráfica comparativa do aumento do número de casos de SRAG no país, utilizando informações disponibilizadas pelo InfoGripe/FioCruz, da Fundação Oswaldo Cruz. A SRAG, ou Síndrome Respiratória Aguda Grave, é provocada pelo SARS-CoV, um dos sete tipos de coronavírus humanos conhecidos, a exemplo do MERS-CoV e o SARS-CoV-2, que causa a Covid-19.

A ferramenta foi desenvolvida pelo professor Marcus Nunes, do Departamento de Estatística, em linguagem R, em uma tentativa de facilitar o registro e a comparação de casos semana a semana. “A Síndrome Respiratória Aguda Grave possui sintomas muito parecidos com aqueles da Covid-19. Acredito que, com o avanço da pandemia, é importante que a população tenha noção da quantidade de casos da doença”, explica Marcus.

Os gráficos são simples e a pesquisa é intuitiva. Com poucos comandos, é possível checar o número total da SRAG nos últimos dez anos no Brasil e em todos os estados. Também pode ser feita uma comparação entre as primeiras semanas de 2020 e as ocorrências das primeiras semanas de anos anteriores, o que aponta, por exemplo, grandes picos no aumento do registro da síndrome.

O link para a ferramenta pode ser acessado aqui. O código está disponível no GitHub.

Fonte: Agecom/UFRN.