Capacitação auxilia professores para o ensino remoto

A webpalestra inaugural do curso Mediação didática com auxílio de tecnologias educacionais foi realizada na tarde desta segunda-feira, 22 de junho, com apresentação da diretora do Instituto Multidisciplinar de Formação Humana com Tecnologias da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Eloiza Oliveira. A capacitação é voltada para professores do ensino presencial que estão ofertando atividades remotas no Período Letivo Suplementar Excepcional (PLSE).

Com o objetivo de incentivar o desenvolvimento de competências relacionadas ao uso de ferramentas tecnológicas no processo de ensino-aprendizagem, o evento contou com a abertura do reitor Daniel Diniz, que explicou que a capacitação é um esforço institucional para oferecer um suporte ao corpo docente que vai atuar no PLSE. 

A secretária de Educação a Distância (Sedis-UFRN), Carmem Rêgo, foi mediadora da webpalestra proferida pela diretora do Instituto Multidisciplinar de Formação Humana com Tecnologias da UERJ, Eloiza Oliveira. A apresentação iniciou citando “sete certezas”: ensino mediado por tecnologia não substitui o presencial; já convivíamos com modalidades diversas e a pandemia tornou a educação remota um novo desafio; educação presencial plena não é possível neste momento de distanciamento social; a aprendizagem remota já existia, à medida em que o estudante sai da sala de aula e continua aprendendo; o professor é um mediador e potencializador de formas de aprender; há tecnologias eternas, como o quadro de giz ou os livros, que ampliam a escala de conhecimento para várias pessoas.

A professora Eloiza falou ainda sobre o perfil da nova geração de estudantes, que está inserida no mundo digital, tem afinidade com atividades colaborativas e prefere conhecimentos para a vida prática. Nessa perspectiva, os docentes necessitam ter motivação para aprender e experimentar ferramentas diferentes.

O curso é uma parceria da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), Sedis, Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), Superintendência de Informática (Sinfo), e da Secretaria de Educação Básica, Técnica e Tecnológica (SEBTT). A webpalestra inaugural do curso está disponível no canal da Sedis no Youtube.

Curso

A capacitação visa auxiliar os docentes na criação, organização e desenvolvimento de suas atividades acadêmicas por meio de plataformas tecnológicas, tendo como abordagem principal conteúdos sobre planejamento, recursos tecnológicos e acompanhamento ou avaliação da educação mediada pelas tecnologias. Além dessa capacitação, a Progesp disponibiliza outros cursos, como Introdução à Metodologias Ativas; Docência e Elaboração de Materiais Didáticos em Cursos Mediados por Tecnologia; Educação Mediada por Tecnologia; Modalidades de Ofertas Educacionais com Tecnologia; entre outros.

Fonte: Ascom/Reitoria.