Gestores compartilham experiências e planos para retorno das atividades

As experiências de trabalho remoto e ações desenvolvidas nas diferentes unidades foram compartilhadas pelos gestores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em reunião online nesta segunda-feira, 27. Na oportunidade, foi anunciada a instalação da comissão para propor iniciativas de práticas educacionais inovadoras, previstas no Plano de Gestão 2019-2023, e que também poderão contribuir para atender às demandas excepcionais decorrentes da suspensão das atividades como medida de combate ao novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com o vice-reitor da UFRN e presidente da comissão, Henio Ferreira de Miranda, o grupo assume a tarefa de acelerar o indicador do Plano de Gestão. Espera-se que o trabalho resulte em uma proposta de ações voltadas ao retorno das atividades, como forma de proporcionar as ferramentas adequadas para o momento.

“Instalamos a comissão na manhã desta segunda-feira e já estabelecemos estratégias como a aplicação de questionários junto a coordenadores de cursos, professores e alunos, com o objetivo de coletar os pontos de vista de cada público. Dessa forma, já poderemos mitigar na proposta as dificuldades previstas”, explica Henio Ferreira. Composto por outras 10 pessoas de diferentes setores da UFRN, o grupo terá 60 dias para concluir o trabalho.

A reunião também contou com a exposição de outras providências já planejadas para o retorno das atividades, como as relativas à graduação e administração. No que concerne à gestão de pessoas, a pró-reitora Mirian Dantas dos Santos e o pró-reitor adjunto, Joade Cortez, apresentaram dados gerais sobre o teletrabalho e expectativas futuras.

“Ainda não dispomos de uma previsão para a retomada do trabalho presencial e das aulas na universidade, mas encontros como este são importantes para conhecermos o que está em andamento e refletirmos sobre o que precisa ser executado agora, tanto no aspecto acadêmico quanto administrativo”, afirma o reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo.

Fonte: Ascom/Reitoria.