Professor da Facisa publica dicas de psicologia

Em meio à pandemia desencadeada pelo novo coronavírus, muitos têm se visto cercados de dúvidas. Os questionamentos vão desde temas gerais – quem sabe um possível tratamento eficaz para a Covid-19 – a situações mais pessoais, como a ansiedade pela retomada da rotina normal ou preocupações quanto ao que será da própria vida no futuro pós-pandêmico.

Fato é que este período tem imposto mudanças significativas de comportamento e de costumes, trazendo consequências sociais e em nível individual que podem ser duradouras. Diante disso, uma pergunta se apresenta: como enfrentar as incerteza mantendo o psicológico em ordem?

Com o objetivo de ajudar as pessoas a encontrar respostas nesse sentido, o professor da Graduação em Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (Facisa/UFRN), Fábio de Cristo, criou um blog no qual escreve dicas de psicologia aplicada. Chamado Minutos de Psicologia, o site conta com artigos relativamente curtos, publicados semanalmente, tratando aspectos do comportamento humano.

“Quero divulgar a psicologia científica da maneira mais simples e prática possível, incentivando seu uso nesse novo cotidiano de pandemia, marcado por medos, incertezas e conflitos, mas também por solidariedade, esperança e espiritualidade. São postagens brevíssimas que podem ser lidas com tranquilidade em poucos minutos e disseminadas rapidamente pelas redes sociais”, explica Fábio de Cristo.

Ainda segundo o docente, o blog é uma forma, entre tantas outras iniciativas existentes, de cumprir a missão social da psicologia e da própria universidade ao contribuir na promoção da saúde. Fábio avalia que por meio dos textos é possível ajudar o público a entender melhor alguns acontecimentos cotidianos.

“Minha expectativa é que as pessoas apreciem esse tempinho de leitura para si. Sugiro sempre que não leiam tudo de uma vez, porque as reflexões decorrentes podem e merecem durar mais tempo, ecoando na intimidade para, quem sabe, expressarem-se posteriormente em ações”, recomenda o professor.

Os textos têm tido bom alcance e já foram republicados em sites de entidades da área. Tal fato reforça o desejo do professor Fábio de auxiliar os leitores para uma nova realidade. “Espero apoiar as pessoas nesse processo de mudança de comportamento, seja no período de quarentena ou após. Afinal, a vida pede passagem, e isso ocorrerá a partir de outros padrões de relações sociais que ainda estão por se estabelecer”, conclui.

Fonte: Agecom/UFRN.