Reunião sobre gestão de projetos do Parque Tecnológico acontece no IMD

O Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) recebeu, na sexta-feira (24), a coordenadora do Parque Tecnológico Augusto Severo (PAX), a ex-reitora da UFRN Angela Maria Paiva Cruz, e representantes de instituições estaduais, para discutir sobre elaboração dos primeiros projetos para o desenvolvimento de um novo parque tecnológico do Rio Grande do Norte. Uma oficina para auxiliar nessa ação foi conduzida pela Secretaria de Gestão de Projetos da UFRN (SGP/UFRN).

O encontro teve como objetivo apresentar os seis projetos que serão trabalhados ao longo do ano de 2020, que são: +Imagem, +Empresa, +Gestão, +Portfólio, +Sustentabilidade e +Infraestrutura. Para isso, os representantes presentes – da Fecomércio, Fiern, Sebrae RN, IFRN, dentre outros – dividiram-se em grupos, com o objetivo de discutir e desenvolver ideias para os referidos projetos.

Ao longo da reunião, a coordenadora ressaltou a importância de se investir em conhecimento científico e o seu potencial benefício direto para a sociedade. “O desenvolvimento científico e tecnológico deve ser aplicado na prática, e isso acontece no setor produtivo, pela sociedade”, afirmou Ângela Paiva Cruz.

Na ocasião, a SGP proporcionou uma oficina, ministrada pelo servidor Luan Nascimento, que explicou para o público presente que é necessária organização para os planejamentos obterem êxito. “É muito importante executarmos metas, objetivos e ações. Na UFRN, optamos por técnicas de gestão de projetos, que são a adoção de algumas práticas que funcionam para fazermos os planos acontecerem”, esclareceu o palestrante.

A coordenadora Ângela Paiva Cruz explicou que é preciso aperfeiçoar as ideias que ainda estão no papel para prosseguir com o planejamento e, então, concretizar o novo parque como uma realidade. “Nós precisamos aprimorar as ideias. O objetivo da oficina, ainda sem o Parque criado, é refinar esses projetos que estão previstos no Plano de Concepção e Implementação do Parque – que é o primeiro documento constituinte do grande projeto do Parque Augusto Severo”, expôs.

Além disso, afirmou que a reunião serviu para aproximar os representantes e compartilhar ideias que podem auxiliar na construção do PAX. “Esse momento de construção dos seis primeiros projetos requer a presença dos parceiros, buscando trazer sua contribuição para o futuro PAX”.

Fonte: Ascom/IMD.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 12 =