Sinal da TVU chega a Currais Novos

A TV Universitária (TVU/UFRN) acaba de chegar à cidade de Currais Novos e está em fase de testes em Acari. Transmitido pelo canal 58 da Sydi’s TV, primeira TV a cabo do RN e segunda do Brasil – inaugurada em 1992 –, o sinal permite às populações do Seridó acesso a um programação de qualidade e maior proximidade com a Universidade.

O superintendente de Comunicação da UFRN, Sebastião Faustino, destaca que o sinal está sendo enviado para as regiões onde a Universidade atua, aproveitando os canais disponíveis e com capacidade de retransmissão da TV.  “Quando assumimos a Superintendência de Comunicação, a primeira coisa que fizemos foi entrar em contato com a Sydi’s TV para ver a possibilidade de transmitirem nosso sinal. Eles aceitaram, propuseram várias ideias de parceria e concederam o espaço do estúdio para projetos com a Universidade, sempre muito abertamente”, conta. 

A iniciativa tem como objetivo fazer a interiorização da comunicação junto com a UFRN. Essa medida é pensada em dois sentidos, o primeiro, sair do campus central e ampliar o sinal para onde seja possível no estado, e o segundo, interiorizar nas pessoas a importância que a Universidade tem para a sociedade norteriograndense. Dessa maneira, será possível mostrar ao interior o que está sendo feito pela UFRN na região metropolitana e trazer a produção que está sendo executada nos campi do interior.

Faustino lembra que Currais Novos é um município que tem muita história e importância na comunicação do Rio Grande do Norte. “Lá existem revistas datadas de mais de 100 anos. É um campo de formação para comunicação de rádio e TV. Fizemos um levantamento em 2015 e havia uma média de mil profissionais atuando em comunicação, desde blogs, rádio, rádio web e internet, o que representa um leque de possibilidades na região”, conclui. 

Siderley Jatobá, diretor de operações da Sidy’s, informa que além de Acari, que está em fase experimental, a TV a cabo também será levada para Santa Cruz, onde a UFRN também tem um campus avançado. Ele reforça a necessidade e importância da aproximação das pessoas por intermédio desse meio de comunicação. 

“Um dos focos desse projeto é aumentar a aproximação da Universidade com as pessoas e o meio de comunicação possibilita isso. Nós já temos essa relação com o telespectador, conectamos a cidade com ela mesma. Ao abrirmos o sinal da TVU aqui, significa que vamos fortalecer isso. Nos sentimos muito felizes em poder servir não só à Universidade, mas também à população, provocando essa conexão”, reforça.

Fonte:Agecom/UFRN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 1 =